13 de out de 2015

Do facebook em outubro de 2014

Acabo de voltar do Dante onde fui votar. Impossível não me sentir nostálgica, a primeira vez que votei lá, depois de um recadastramento,  foi 78. Essas lembranças me vêem sempre ligadas a gravidez  ou se eu estava gorda ou magra....affff não preciso falar qual ganha. Em 1978, isabel tinha menos de um mês, então, não fiz boca de urna o dia inteiro, vivíamos em plena lei Falcão e a propaganda era apenas um retrato 3por 4 dos candidatos, Andre, ainda bebê gostava do " jacó bitalho" quem diria heim? A eleição majoritária era para o senado, e foi quando apareceu Fernando Henrique. Apesar de convocada, não participei da campanha e nem votei nele, votei no Montoro, tio das minhas amigas Zina e Ana Teresa e filho da dona Tomázia. Só no final do dia, quando  a eleição dele estava garantida, fiz um pouquinho de bica de urna para o Fernando Henrique e, para azar meu, encontrei o Claudio, outro irmão da Zina,  estava com um monte de santinhos na mão, fiquei bem sem graça. De 78 em diante fui cada vez mais ativa, tenho historias divertidissimas, outras nem tanto, que meu marido não me leia, mas de brigas homéricas com a juventude janista,juro que não sai no braço, mas que  berrei e xinguei, como! Das brigas com os malufistas  precisaria de vários volumes para contar. Hahaha  E o Kassab?  Um estudante do Dante, branquelo e gordo, com um comitê na esquina da jahu com peixoto gomide, eu magra, adorava chamar ele de balofo bobo, mal sabia que décadas depois, eu na campanha do meu Geraldo Alckmin, repetiria esse bordão. Isso me custou um pouco caro, fui posta no escanteio e fiquei com fama de louca com as pessoas do psdb que ficaram do lado dele. Azar delas, perderam uma aliada que adooooora jogar na cara deles essa feiúra.  Como escrever é uma catarse  quando  estou super nervosa como agora, vou reativar meu blog e parar de amolar vocês.

Nenhum comentário: