18 de jun de 2012

Forever young

Tanta coisa tem me acontecido que quase desisti de escrever, coisa que mesmo mal feita, é uma catarse, me faz um bem danado, ainda mais quando eu tenho a cara de pau de publicar.  Ultimamente ando num rodamoinho tão grande de emoções, algumas maravilhosas como uma viagem de 10 dias que fiz com a Luisa,minha filha, para Nova Iorque, outra ainda não estou madura para escrever, mas,já que toquei no assunto, vou contar rapidinho – Vou ser avó do Joaquim!!!!! Ele chega em novembro e eu tou tão emocionada que ainda não consigo escrever sobre isso.  Nesse meio tempo de perdas tão doídas com a da tia Vera e alegria incomensurável ( essa foi boa, heim?)  da renovação da vida, com o sexto Joaquim na minha vida, só posso agradecer a Deus a alegria dos filhos e nora que tenho.  Eles são maravilhosos!!!Ha!! meus sobrinhos também são demais!, Todos eles, e  agora, vão ser mais uma vez,elevados a categoria de tios. Que eles saibam que a força do amor plantada pelos Joaquins antepassados  pode e deve superar tudo, sempre! Voltando às bobagens que regem meu blog, conto uma novidade na minha vida virtual que é uma delicia, - sem transito, sem mau humor, sem brigas e agora com uma novidade super divertida- um grupo dentro do Facebook chamado Pim Pam Pum. Um fenômeno. Quando fui convidada para participar dele, acho quer éramos umas 600 pessoas, hoje se aproxima dos 5 mil e aposto que tão cedo esse numero não parará de crescer.  Os mais moços desse grupo têm no mínimo 50 anos, acho que a grande maioria, pelo menos dos que interagem mais, tem  por volta dos 60 e, todos eles cheios das melhores recordações da nossa mocidade, anúncios de TV, roupas, festivais, restaurantes, colégios, rua Augusta, clubes, uma farra. Uma farra tão gostosa e tão emocionante que me deu ânimo para voltar a escrever. Pra falar a verdade, o que me animou foi um belíssimo texto que fala da alegria de ser velho. Pedi licença ao  autor pra publicar aqui. Assim que eu tiver uma  resposta, mostro pra vocês.