14 de mar de 2011

Grandes emoções e pensamentos imperfeitos

Estou, desde a semana passada ensaiando escrever, mas ando tão borocochô que acabo deixando pra depois e depois. Estes dias tem sido, como diz o título do livro, cheio de “Grandes emoções e pensamentos imperfeitos”. Tenho encontrado amigos queridos que não vejo a tempos. Há uns 15 dias tive um almoço divino no clube com a Luciana e Marcelo onde rimos muito e falamos montes de besteiras, -delícia! O dia acabou no meu diretório com a preparação para as nossas convenções e teve também, muita risada e muitas bobagens, começando pelo piso da nova sede que é igual ao puxado que fizeram no clube destruindo um belíssimo jardim suspenso do Burle Max, o que tanta ira tem nos provocado. Para provar a cafonice dessa obra, tirei fotos do pé de um amigo que é conselheiro e também filiado ao meu diretório. Depois desse dia, a executiva se reuniu numa pizzaria, - amo essas reuniões, hehehe. Nessa reunião falávamos evidentemente de política e de partido. “Alguém lembrou a frase dita por Mario Covas: O diretório é a família de um partido”, ou algo assim, como não consigo falar com ninguém presente naquele jantar para saber com certeza e como  meu surucutico não me deixa esperar, fica  assim mesmo porque o sentido é esse. Para provar o que eu falei aquele dia - vocês são a família que eu escolhi!, o meu querido presidente, Rafael Valdívia acaba de me ligar de volta e me fala a frase correta: “O diretório está para o partido assim como a família está para a sociedade”. Demais não é? Que sorte e privilégio eu tive de conviver um pouco com essa figura tão maravilhosa que, dez anos depois de sua morte, numa missa em sua homenagem, lotada de gente no Mosteiro de São Bento, não se ouvia um pio, era um silêncio tão respeitoso que só uma figura como a dele poderia impor. Ontem foi dia de convenções em todo o estado e, até onde eu sei, correu tudo na santa paz. Para completar o mês de grandes emoções, semana passada fui à casa da Ivana, do delicioso blog http://www.doidivana.wordpress.com/ , minha amiga há 42 anos que vejo muito de vez em quando, na verdade, só nos lançamentos de livros dela. Como ela é uma escritora de primeira, premiada e reconhecida, não ficamos muito tempo sem nos ver e, agora com esse blog que é super divertido, mais o twiter, novo vício, temos um contato mais próximo, ainda bem! Os pensamentos imperfeitos não vou contar, aqui é só alegria!

Beijos

P.S. Acabei de aprender como faz para cortar as letras, vejo muito isso nos blogs que leio. Eu estava fuçando as configurações quando o Rafael ligou, achei tão moderno que em vez de apagar, usei o recurso.

Um comentário:

Lainegomes disse...

Você anda impossível com tanta novidade tecnológica...
O Mário Covas foi um cara único. Não tem palavra melhor pra um cara como ele.
Pensamentos imperfeitos todos temos, mas a gente só fala deles pessoalmente e com muitos copos de tônica diet...(pra quem não bebe como eu!)
bjs e amores