14 de ago de 2011

Pra não dizer que não falei de flores

Faz um tempão, desde o dia do Beirutaço organizado pelo http://www.leocoutinho.com.br/ , sucesso como tudo  que esse menino faz, que não saio de casa. Isto é, naquele sábado tivemos um jantar organizado pelo professor Cristiano Aretz da turma do INDAC dos anos 60 e 70 na chiquérrima casa da Tetê Noschese. Aquela noite renderia um post de tão maravilhosa que foi, qualquer dia eu  tento contar. Este dia  tão perfeito foi a minha saideira da vida real, depois disso minha hérnia inflamou de novo. Descobri uma fisiatra maravilhosa que me diagnosticou uma fibromialgia também. Ai ai, dizem que o chato é aquele que ao ser perguntado como vai, responde. Para que isso não grude em mim, me recolhi à "minha insignificância", repetindo uma das frases que a Vovó Lourdes usava para se referir aos outros, claro, nao a ela,hahaha!! e me enfiei no meu quarto lendo, vendo tv e brincando de Polyvore, aquele site de imagens onde eu brinco de  ''decoradeira''. Faço isso na minha cama, com o lap top na barriga,  com o  braço esticado, uso o mouse- ja quebrei vários,  agora parti para um sem fio, nao deito  mais em cima dele, em compensação, derrubo no chão toda hora. Esse brinquedinho mais o delicioso Facebook  e o Twitter, me conectam com o mundo. Pelo menos ando mega bem informada. Hoje me deu saudade do blog, na falta de assunto vou mostrar umas brincadeiras que fiz.
980Sem títuloSem título
beijos
P.SVou tentar explicar um pouco como faz: essa estante estava quase vazia, os livros, móveis, tapetes a gente vai arrastando com o mouse e ajustando o tamanho. Uma delícia!!! Acho que esse link é o meu: http://www.polyvore.com/cgi/home?id=761272 ( ô idade que não me deixa aprender esses segredos todos da informática)só que pra ver o meu trabalho tem que se inscrever, lá eu sou a mariacecilia.

Um comentário:

Biba Arruda Marques disse...

Querida, querida! Adorei ler seu perfil!
Já estou te acompanhando!